27/05/2014 – Dia Nacional da Mata Atlântica

Nesta terça-feira (27), Dia Nacional da Mata Atlântica o deputado federal Paulo Foletto fez pronunciamento sobre o trabalho do Instituto Terra, do fotógrafo Sebastião Salgado e sua esposa Lélia, em Aimorés (MG) e do recém-criado Instituto Nacional da Mata Atlântica, em Santa Teresa (ES). Apesar de todas ações em favor do bioma, a taxa de desmatamento da Mata Atlântica voltou a subir no ano passado, atingindo o maior nível desde 2008. No período de 2012 a 2013 foram perdidos 23.948 hectares, o equivalente a 239 km2 de remanescentes nos 17 Estados da Mata Atlântica, num aumento de 9% em relação ao período de 2011-2012, que registrou 21.977 hectares desmatados.

Instituto Terra

Fundado em 1998 pelo fotógrafo reconhecido internacionalmente, Sebastião Salgado e sua esposa Lélia, transformando uma antiga fazenda degradada da família de Salgado num exemplo de que é possível recuperar a Mata Atlântica, produzir água e educar para uma vida mais sustentável.

Mais de 50 mil pessoas já foram capacitadas pelo Instituto, que também executa projetos de restauração ecossistêmica, pesquisa científica, produção e distribuição de mudas nativas, incentiva o desenvolvimento rural sustentável e promove educação ambiental. O Instituto fica no município de Aimorés, em Minas Gerais, bem na divisa com o Noroeste do Espírito Santo e, portanto, mais próximo de Vitória do que da capital mineira.

Instituto Nacional da Mata Atlântica

O Museu Professor Mello Leitão, em Santa Teresa, foi transformado no Instituto Nacional da Mata Atlântica e será administrado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, passando a ser referência mundial em pesquisa da Mata Atlântica, com mais recursos federal, investimentos em pesquisa e turismo. A Lei 12.954/2014 foi sancionada na dia cinco de fevereiro deste ano pela presidente Dilma Rousseff.

O primeiro passo dado na Câmara Federal foi na Comissão de Ciência e Tecnologia, com a relatoria do deputado federal  Paulo Foletto. O relatório do parlamentar capixaba foi aprovado na íntegra, mas, comprometido com a equipe do Museu,  Foletto continuou acompanhando de perto a tramitação do Projeto, mesmo em outras Comissões da Câmara e do Senado.

Na Câmara o PLC passou por outras quatro Comissões, como as de Comissões de Finanças e de Justiça onde os relatores também foram capixabas, respectivamente os deputados Manato e César Colnago, antes de ser votado pelo Senado Federal, onde tramitou em três comissões e em duas delas os relatores foram os senadores Ana Rita e Ricardo Ferraço.

Agenda

Nesta quarta-feira (28), Foletto tem audiência com o ministro de Ciência e Tecnologia,  Clélio Campolina, para tratar da criação do Grupo de Trabalho que dará início à gestão do Instituto Nacional da Mata Atlântica.

No sábado (31), o deputado Foletto  participará com o coordenador geral das unidades de Pesquisa do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCTI), Carlos Oití Berber, da solenidade comemorativa à criação do Instituto Nacional da Mata Atlântica, em Santa Teresa.

convite INMAjpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s