24/09/2015 – Foletto quer, no mímino, 10% do PIB para a Saúde

PEC001 (2)Uma das bandeiras de campanha do deputado federal Paulo Foletto é a luta para que o Brasil destine, no mínimo, 10% do PIB para a Saúde. Atualmente o país destina apenas 5,8%. A bandeira apoia o texto do Saúde+10, movimento de iniciativa popular, criado em 2011.
Nesta quarta (24), Foletto presidiu audiência pública na Comissão Especial da PEC 001/15, que prevê a aplicação anual de um valor mínimo por parte da União em ações e serviços públicos de saúde, de forma gradual.
O deputado ressaltou a importância de ouvir os gestores municipais para entender as dificuldades na área da saúde. “São eles que estão na ponta e conhecem, como ninguém, os problemas de gestão e financiamento do Sistema Único de Saúde”, disse.
Na audiência foram ouvidos representantes da Confederação Nacional dos Municípios e da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais. Os gestores ressaltaram a importância de se rever a tabela SUS e discutiram a aplicabilidade do Contrato Organizativo da Ação Pública (Coap), plano do governo criado em 2011 que determina diretrizes, metas e indicadores do SUS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s