03/03/2016 – Acordo da Samarco é questionado.

COmissão Rio Doce 1“O interesse no Acordo, resguarda mais os interesses das empresas , do que os interesses do meio ambiente e das comunidades atingidas” disse o coordenador de Meio Ambiente do Ministério Público, Eduardo Pinto que apresentou estudo, hoje (03) na Comissão Externa, sobre os desdobramentos do desastre ambiental, ocorrido em Mariana – MG e região.
O deputado federal Paulo Foletto , titular da Comissão perguntou ao promotor se ele teve a oportunidade de apresentar o estudo antes de fechamento do Acordo de ontem (02), no Palácio do Planalto.
Veja a resposta do promotor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s