31/05/2016 – Governo pede apoio dos líderes para votar a DRU

Reuniã ocom Temer“O governo não permite equívoco”, disse Temer aos líderes de partidos.
O líder do PSB na Câmara, Paulo Foletto participou na manhã desta terça de reunião com o presidente em exercício, Michel Temer. Na saída Foletto contou que o presidente agradeceu a votação das Metas Fiscais na semana passada e pediu a defesa do governo na votação desta semana, em especial da chamada Desvinculação de Receitas da União (DRU).
A proposta eleva de 20% para 30% a parte que pode ser gasta com liberdade sobre as receitas das contribuições sociais e econômicas, as taxas arrecadadas, os fundos constitucionais (FCO, FNE e FNO) e as compensações financeiras pela utilização de recursos hídricos para geração de energia elétrica.
A DRU foi adotada em 1994, na implementação do Plano Real, e tem sido prorrogada desde então, com o objetivo de dar ao governo federal mais mobilidade nos gastos com os impostos arrecadados. Em 2011, o Congresso aprovou a extensão até o fim de 2015. A proposta em tramitação da Câmara estende a desvinculação até dezembro de 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s