Perfil

Paulo Foletto é cidadão colatinense, município em que viveu até os seus 18 anos, quando saiu para cursar medicina na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Vitória, e residência médica em cirurgia geral, no Rio de Janeiro. É filho de comerciante e o mais velho de cinco irmãos.

Na política, pertenceu ao histórico MDB, de onde saiu para ajudar a fundar o PSB colatinense, tendo sido presidente do diretório municipal do partido. Hoje, ocupa a posição de presidente do diretório estadual. Foi vereador entre 1993 e 1996 e, em 2002, elegeu-se deputado estadual. Tornou-se o segundo secretário da Mesa Diretora que iniciou o processo de transparência no Legislativo.

Reeleito em 2006 com 33.094 votos, a quinta melhor votação entre os 30 deputados, retornou ao cargo de segundo secretário da Mesa Diretora. Em março de 2009, Paulo Foletto licenciou-se do Poder Legislativo Estadual para assumir o cargo de Secretário do Estado de Ciência e Tecnologia. Em função do calendário eleitoral, em 31 de março deste ano desincompatibilizou-se do Executivo e reassumiu o mandato de deputado estadual na Assembleia Legislativa.

Elegeu-se Deputado Federal em 2010, obtendo a 4ª maior votação geral no Espírito Santo, com 99.312 votos, sendo o 3º mais votado em sua coligação. Paulo Foletto está em seu segundo mandato como deputado federal. O parlamentar já foi líder da bancada capixaba quando liderou 9 deputados federais e três senadores.

Outra posição de destaque foi a liderança da bancada do PSB na Câmara dos Deputados quando representou um grupo de 32 parlamentares. Foletto atuou fortemente na votação de temas importantes para o país como a aprovação da PEC dos Gastos Públicos.

Reconhecimento

Pesquisa da Revista Veja, em 2013, elegeu Foletto como o melhor parlamentar entre os 10 capixabas e ficou em 29º lugar entre os 513 deputados federais. Em 2016, Paulo Foletto foi eleito em dos “100 cabeças do Congresso Nacional” pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) na habilidade negociador. A lista é composta por deputados federais e senadores. Ainda em 2016, foi eleito também como o melhor congressista do Espírito Santo. Entre os 513 deputados federais, Foletto foi o vigésimo terceiro melhor avaliado. Se considerarmos também os senadores, sua posição é a trigésima quinta.

Anúncios